Startup Curitibana cria Aplicativo que facilita carregamento de dispositivos eletrônicos

Startup Curitibana cria Aplicativo que facilita carregamento de dispositivos eletrônicos

Keep Charged permite localizar pontos de carregamento de celular, banheiros públicos e até sinal de Wi-fi

Agosto, 2019 – Quem nunca se viu em meio a uma reunião ou compromisso sem carregador de celular, tablet e notebook ou tomadas por perto que atire a primeira pedra. Com os dispositivos eletrônicos cada vez mais uteis à vida moderna, difícil é não ficar sem bateria. Mas no que depender da startup curitibana Keep Charged, ficar sem carga no celular é coisa do passado.

A empresa acaba de lançar o aplicativo Keep Charged – Fique Carregado, que permite que o usuário localize pontos de carregamento de celular, notebooks e tablets. Por meio de geolocalização, o aplicativa mostra, em um mapa, os pontos nas proximidades que dispõem de tomadas e carregadores, além de sinais de Wi-fi abertos ou fechados e banheiros públicos ou não.

“Alguns estabelecimentos figuram no aplicativo oferecendo ao usuário não somente uma tomada e um carregador, mas também conveniência, uma vez que o estabelecimento pode condicionar o uso do carregador ou tomada a um consumo mínimo no local e até mesmo um check-in em redes sociais”, conta o CEO da empresa, Cezar de Araújo Santos.

O aplicativo passou por dois anos de testes e avaliações até ser disponibilizado para o público. “Foi um período de aprimoramento do App, em que testamos as funcionalidades e incrementamos alguns pontos. Costumamos dizer que estamos sempre em evolução, em breve, o aplicativo vai apresentar novidades”, conta Santos.

O aplicativo está disponível nas lojas Play Store e Apple Store, porém inicialmente conta com pontos apenas na grande Curitiba, até o fim do ano deverá estar nas regiões sul, sudeste e centro-oeste do país.

“Escolhemos fazer um teste estratégico em Curitiba, atender às necessidades do público, para em seguida buscar a expansão. A lição de casa precisa ser bem-feita”, afirma o CEO.

Facilidade a um clique de distância

O aplicativo, disponível nas plataformas Android e iOS, funciona da seguinte maneira: após a instalação, é solicitado que o usuário faça um breve cadastro para que o aplicativo conheça as suas preferências. Em seguida, a ferramenta mostra um mapa com os pontos de carregamento mais próximos, o aplicativo mostra ainda promoções dos estabelecimentos cadastrados.

“É mais uma facilidade para que o usuário possa unir o útil ao agradável. Ele localiza no mapa um lugar para carregar o seu celular e que esteja dentro do seu perfil, de seus gostos pessoais. Enquanto ele espera que o aparelho carregue, pode vivenciar uma experiência diferenciada no estabelecimento”, afirma Santos.

Na hora do aperto

Mas, para um celular sem carga, o aplicativo não é útil, certo? Pensando nisso, o Keep Charged possui um recurso chamado “minha bateria”; ao ativar esse recurso, o usuário recebe uma notificação de que a sua bateria está prestes a acabar. Essa funcionalidade é ativada pelo usuário que escolhe em qual porcentagem de carga deseja ser notificado.

Mas as facilidades não param por aí. A aplicativo ainda mostra estabelecimentos próximos que disponibilizam banheiros (públicos ou privados), além de sinal de Wi-fi aberto ou fechado. “O estabelecimento pode escolher se disponibiliza de forma gratuita as suas instalações e o seu sinal de internet, ou se condiciona ao consumo. É uma maneira sustentável de promover o comércio e fazer a economia girar”, diz o CEO.

A iniciativa Keep Charged é exclusiva no país, sem concorrentes e com início em Curitiba/PR. O aplicativo, gratuito, está disponível para celulares Android e iOS. Atualmente, 120 pontos/estabelecimentos da capital paranaense são parceiros da iniciativa.

Sobre a Keep Charged

Startup Curitibana focada em tecnologia e sistemas, desenvolvedora de aplicativos que propõem serviços de conveniência por meio de geolocalização.

Mais informações podem ser obtidas pelo site fiquecarregado.com.br

Atendimento à imprensa – Descomplica Agência de Mídias

Janaína Fogaça – jana@agenciadescomplica.com.br

Ulisses Dalcól – ulisses@agenciadescomplica.com.br

Fone: 41 9 9692.4573 – 41 3030-4480

Facebook/Instagram: @agenciadescomplica

Website: www.vempradescomplica.com.br

Aplicativo auxilia cidadão em seus gastos e promove a educação financeira

Aplicativo auxilia cidadão em seus gastos e promove a educação financeira

Citizen, do IBPT, delineia a inflação pessoal do consumidor e aponta seus hábitos de consumo

Agosto, 2019 – O brasileiro faz mágica para sobreviver. Com o salário mínimo estabelecido em R$ 998,00, tudo deve ser colocado na ponta do lápis. “É o aluguel, o transporte, as compras do mês, o plano de saúde, quando dá para pagar, e aqueles gastos que nem sempre são previstos e nos pegam de surpresa”, diz o presidente executivo do IBPT – Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação, João Eloi Olenike.

É um verdadeiro malabarismo. Quem ganha um salário mínimo passa a maior parte do ano se equilibrando na corda bamba das contas e esperando pelo décimo terceiro salário ou as férias para desafogar as finanças. “Nem sempre é possível colocar em prática os planos que fazemos com o dinheiro, por isso é fundamental que o cidadão fique de olho nas suas finanças, se não há gargalos ou torneiras abertas. Às vezes, alguns hábitos precisam ser mudados e alguns cuidados devem ser redobrados”, diz Olenike.

Protagonista em assuntos que estão diretamente ligados ao cotidiano do consumidor e contribuinte brasileiro, o IBPT vê a educação financeira como principal fator de mudança de comportamento e uma maneira mais consciente de poupar dinheiro. “Diante de um cenário tributário complexo no país, recessão, inflação e oscilação de preços, é importante que o contribuinte fique atento às suas finanças e não comprometa sua receita com itens que, no momento, podem esperar um pouco mais para serem adquiridos”, afirma o especialista.

De olho no dinheiro

Para que as finanças pessoais não fujam do controle, o cidadão brasileiro pode contar com o aplicativo Citizen, do IBPT, para gerenciar suas contas e não passar o mês no vermelho. Gratuito e disponível nas plataformas Android e iOS, de interface simples, ao fazer a leitura do QR Code da Nota Fiscal ao Consumidor Eletrônica (NFC-e) ou do código de barras do DANFE da NFe (Nota Fiscal Eletrônica) de cada compra, o cidadão consegue separar por categorias os itens adquiridos, e ao longo do tempo de uso, o aplicativo delineia o seu perfil consumidor e a sua inflação pessoal. Por meio do Citizen, que disponibiliza gráficos de leitura simples e intuitiva, é possível controlar os gastos por categoria, data, valor total, estabelecimento onde comprou e pesquisar a evolução do valor unitário de cada bem ou mercadoria.

Diferente de outros aplicativos, o Citizen não solicita e não armazena informações pessoais do usuário, como salário e CPF.

Bye bye money

Além do aplicativo, que pode ser uma “mão na roda” para que o cidadão saiba de que maneira está gastando seu dinheiro, é fundamental observar alguns hábitos financeiros nem tão saudáveis. São eles:

– Investir na poupança

Sobrou um dinheirinho e lá vai o cidadão, investir na poupança. Esse é um erro cometido pela maioria dos brasileiros. Atualmente, a caderneta de poupança não oferece rendimentos atraentes, mas por desconhecimento, o contribuinte acredita que ela é o único fundo de investimento, quando na verdade, o Tesouro Direto é mais atrativo para quem pretende aplicar seu dinheiro e vê-lo render.

– Comprar por impulso

Fuja das compras por impulso. Elenque prioridades. A pergunta a ser feita é: eu preciso mesmo desse item agora? “Essas perguntas ajudam o cidadão a repensar a forma como gasta seu dinheiro”, diz Olenike.

– Cartão de crédito

De mocinho a vilão, o cartão de crédito deve ser usado com cautela. “Priorize utilizá-lo naquelas situações imprevistas, em que você não tem dinheiro na hora. Também é válido fazer uso dele para planejar e parcelar aquela viagem há tanto tempo sonhada, desde que não comprometa a sua renda e não o leve ao endividamento”, ressalta Olenike.

– Não pesquisar antes de comprar

“Gostei, vou levar!”

Alto lá! Com a facilidade proposta pela internet, só compra de primeira quem não quer pesquisar. “Se são itens que o cidadão não tem o hábito de comprar, uma boa pesquisa ajuda muito na busca e aquisição de produtos por um valor menor. Para quem faz compras habituais e registra as suas notas no Citizen, basta acompanhar seu gráfico de consumo e identificar nele onde o produto que está buscando foi adquirido por um preço menor”, lembra o presidente do IBPT.

– Pequenos gastos frequentes

O cafezinho depois do almoço, o chocolate para adoçar a vida e pronto, isso tudo, somado diariamente, levou parte do seu dinheiro. “Pequenos hábitos diários reduzem o dinheiro, então, é prudente observar para onde está indo esse dinheiro. Sempre nos apoiamos no: ‘é baratinho, não pesa’, mas quando esse baratinho se multiplica, aí sim começa a pesar”, conclui Olenike.

Sobre o IBPT

O Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação – IBPT atua desde 1992 na área de inteligência tributária ao realizar pesquisas, estudos e análises para gerar conhecimento e esclarecer a população sobre o complexo sistema tributário brasileiro. Ao mesmo tempo, vem transmitindo informações e dando consultoria estratégica sobre carga tributária setorial, implementando sistemas de governança tributária e desenvolvendo ferramentas e métodos a fim de incrementar a lucratividade das empresas. Seus projetos socio tecnológicos tem ampla utilização, como o Impostômetro, De Olho No Imposto, Lupa Nas Compras Públicas E Empresômetro.

Mais informações podem ser obtidas pelo site: http://www.ibpt.org.br ou pelo telefone (41) 2117-7300.

Atendimento à imprensa – Descomplica Agência de Mídias

Janaína Fogaça – Jana@agenciadescomplica.com.br

Ulisses Dalcól – ulisses@agenciadescomplica.com.br

Fone: 41 9 9692.4573 – 41 3030-4480

Facebook/Instagram: @agenciadescomplica

Website: www.vempradescomplica.com.br

Atividades como Serviço Doméstico e Entrega Rápida têm número crescente na abertura de novos negócios

Atividades como Serviço Doméstico e Entrega Rápida têm número crescente na abertura de novos negócios

Em tradicional levantamento mensal, dados do Empresômetro revelam atividades empresariais que vêm crescendo no país

Agosto de 2019 – No compasso do primeiro semestre de 2019, o número de abertura de empresas segue na média, segundo dados do Empresômetro, uma das maiores empresas especializadas em dados e informações comerciais do Brasil, mostrando que somente em julho foram formalizados mais de 267 mil novos negócios.

As primeiras posições não mudam, pois são atividades intrínsecas à vida; comer, vestir e morar estão entre os negócios que mais abrem unidades.

Mas, analisando os dados com cuidado, vemos atividades que antes eram relegadas a pessoas físicas e não a uma empresa.

“A escolha por iniciar seu negócio é o primeiro passo para profissionalizar algo que era uma atividade esporádica, avulsa e que com o tempo passou a ser a principal fonte de renda da pessoa”, diz o empresário e CEO do Empresômetro, Otávio Amaral.

Não é por acaso que já são mais de 31 mil empresas de serviços de entrega rápida abertas neste ano que, segundo Amaral, “com o crescimento de empresas que trabalham exclusivamente pela internet, a entrega de seus produtos depende de outras que possam fazer isso, com custo reduzido. Um exemplo são os aplicativos de entrega em domicílio”.

Os serviços domésticos, atividade preponderantemente das chamadas diaristas há vários anos, hoje estão a cargo de empresas de todos os portes que agregam serviços como limpeza, cuidado e organização de residências, gerando empregos, renda e arrecadação de tributos.

Com crescimento notável, já são mais de 27 mil negócios relacionados à atividade de serviço doméstico somente de janeiro a julho deste ano.

Uma beleza de negócio

A beleza é outra atividade que parece fazer a cabeça do empreendedor brasileiro, somando mais de 30 mil empresas por todo o país; as atividades de spa, limpeza de pele, massagem estética e depilação vêm mantendo o crescimento quando se fala em abertura de novos negócios.

Já os cursos livres e de qualificação para trabalhadores são, também, mais de 27 mil unidades espalhadas por todo o país. “Hoje, a qualificação e a vontade de se manter atualizado são levadas em conta pelos contratantes, o que faz crescer a demanda por cursos e, consequentemente, o número de negócios, como foi visto há uns 10 anos”, destaca Amaral.

Falando em números por estado, pouco mudou. Temos os estados da região Sudeste com o maior número de empresas, por serem o centro de negócios do país, além de possuir a maior população também, seguidos pelos estados da Região Sul, Nordeste, Centro-Oeste e Norte, mais dados podem ser vistos na tabela abaixo.

Tabela 1 Dados referentes ao mês de julho

ESTADOSQUANTIDADE
SÃO PAULO77.183
MINAS GERAIS29.149
RIO DE JANEIRO27.264
PARANÁ17.700
RIO GRANDE DO SUL15.598
BAHIA13.109
SANTA CATARINA12.736
GOIÁS9.341
PERNAMBUCO8.052
CEARÁ7.715
ESPÍRITO SANTO6.345
DISTRITO FEDERAL5.346

 

Abaixo pode ser observada a tabela com as atividades mais executadas pelos empreendedores brasileiros em 2019, desde o dia 1 de janeiro.

RAMO ATIVIDADEQUANTIDADE DE EMPRESAS
4781400 – COMÉRCIO VAREJISTA DE ARTIGOS DO VESTUÁRIO E ACESSÓRIOS100440
9602501 – CABELEIREIROS96187
7319002 – PROMOÇÃO DE VENDAS71341
4399103 – OBRAS DE ALVENARIA61222
5611203 – LANCHONETES, CASAS DE CHÁ, DE SUCOS E SIMILARES41908
5620104 – FORNECIMENTO DE ALIMENTOS PREPARADOS PREPONDERANTEMENTE PARA CONSUMO DOMICILIAR39448
8219999 – PREPARAÇÃO DE DOCUMENTOS E SERVIÇOS ESPECIALIZADOS DE APOIO ADMINISTRATIVO NÃO ESPECIFICADOS ANTERIORMENTE36335
5611201 – RESTAURANTES E SIMILARES33946
5320202 – SERVIÇOS DE ENTREGA RÁPIDA31738
4712100 – COMÉRCIO VAREJISTA DE MERCADORIAS EM GERAL, COM PREDOMINÂNCIA DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS – MINIMERCADOS, MERCEARIAS E ARMAZÉNS31360
9602502 – OUTRAS ATIVIDADES DE TRATAMENTO DE BELEZA30117
9700500 – SERVIÇOS DOMÉSTICOS27874
4930201 – TRANSPORTE RODOVIÁRIO DE CARGA, EXCETO PRODUTOS PERIGOSOS E MUDANÇAS, MUNICIPAL27723
8599699 – OUTRAS ATIVIDADES DE ENSINO NÃO ESPECIFICADAS ANTERIORMENTE27227
4321500 – INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO ELÉTRICA26790
5612100 – SERVIÇOS AMBULANTES DE ALIMENTAÇÃO25477
4723700 – COMÉRCIO VAREJISTA DE BEBIDAS25242

 

SOBRE O EMPRESÔMETRO                                                                                                                                      

O Empresômetro é uma empresa que oferece soluções de mercado B2B para toda empresa que almeja crescer com inteligência. Oferta soluções que utilizam a mais alta tecnologia da informação, garantindo segurança na tomada de decisão de gestores de grandes empresas, como também proporciona conhecimento de mercado para pequenas e médias empresas através da ferramenta online, Empresômetro Listas.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (41) 2117-7300 ou pelo site www.empresometro.com.br.

Atendimento à imprensa – Descomplica Agência de Mídias

Janaína Fogaça – jana@agenciadescomplica.com.br

Ulisses Dalcól – ulisses@agenciadescomplica.com.br

Fone: 41 9 9692.4573 – 41 3030-4480

Facebook/Instagram: @agenciadescomplica

Website: www.vempradescomplica.com.br

Saiba como fazer seu dinheiro render mais sem sacrificar seus hábitos de consumo

Saiba como fazer seu dinheiro render mais sem sacrificar seus hábitos de consumo

Aplicativo Citizen, do IBPT, auxilia no controle de gastos e promove a educação financeira do cidadão

Agosto, 2019 – Happy hour com os colegas de trabalho, aquele cafezinho da manhã na padaria da esquina, o almoço ou jantar naquele restaurante bacana e pronto, é o suficiente para que aquele casaco de inverno visto na vitrine do shopping tenha que esperar um pouco mais, talvez até a próxima estação.

Outro assunto que merece atenção e que faz o dinheiro desaparecer é o parcelamento das compras do cartão de crédito e o parcelamento da fatura, que não sai do pagamento mínimo mês a mês, tornam as contas cada vez mais complexas e o dinheiro mais curto.

Para auxiliar o consumidor a tomar as rédeas das próprias finanças, o IBPT – Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação desenvolveu o aplicativoCitizen. Por meio dele, ao cadastrar as notas fiscais de suas compras, o usuário fica sabendo quanto do valor pago foi abocanhado pelos tributos. Após seis meses de uso constante, registrando compras em supermercados, farmácias, lojas, postos de combustíveis e restaurantes, o aplicativo identifica a inflação do usuário.

Disponível nas plataformas Android e iOS, após baixar o aplicativo e fazer o cadastro inicial, o usuário faz a leitura do QR Code da Nota Fiscal ao Consumidor Eletrônica (NFC-e) ou do código de barras do DANFE da NFe (Nota Fiscal Eletrônica) de cada compra, podendo também lançar notas fiscais de meses anteriores. No Citizen é possível controlar os gastos por categoria, data, valor total, estabelecimento onde comprou e pesquisar a evolução do valor unitário de cada bem ou mercadoria.

Mudança de hábito

Para não ficar no vermelho e não ter que sacrificar alguns hábitos, é fundamental que o cidadão elenque prioridades e não deixe para depois para se preocupar com o seu dinheiro.

“Temos o costume de nos preocuparmos com o dinheiro quando ele está acabando, e isso é um erro grave, agindo dessa forma, comprometemos nossas finanças e se corre o risco de ele faltar para cobrir algum imprevisto”, diz o presidente executivo do IBPT, João Eloi Olenike.

Olenike alerta e dá algumas dicas para que os contribuintes fiquem de olho nas finanças e não comprometam sua renda e salário para não “sobrar mês no fim do dinheiro”.

– Elenque prioridades

Aluguel, luz, água, telefone e demais contas fixas devem ser prioridade, pois essas contas, principalmente, são as grandes responsáveis pela inserção do nome dos cidadãos em serviços de proteção ao crédito.

– Pesquise antes de comprar

Nada de sair comprando por aí sem antes pesquisar, e até nisso o Citizen pode ser seu aliado. “Se é um produto que o usuário tem o hábito de comprar com frequência, por meio do Citizen ele pode consultar em qual estabelecimento esse item custou mais barato. Uma boa maneira de economizar no produto e nos tributos”, destaca Olenike.

– Faça listas

Para não cair em tentação ao ir as compras, faça listas. Assim, você compra somente o necessário. “Como dizemos, quando vamos ao supermercado com fome, acabamos comprando até o que não precisamos. Dessa forma, fazer listas é o ideal, assim o consumidor não foge do seu propósito e não gasta com itens supérfluos”, diz Olenike.

– Tenha uma reserva financeira

Ninguém está livre de imprevistos, e para isso, é bom ter uma reserva financeira, guardada mês a mês. “É muito importante poupar um pouco do que ganha, pois assim, muitos sonhos podem ser realizados sem ter que esperar muito. Da mesma forma que algo inesperado pode acontecer, um problema de saúde, um inconveniente com o automóvel, e nesses casos, ter uma reserva financeira pode fazer toda a diferença”, ressalta o especialista.

– Evite parcelamentos

Fuja de parcelamentos longos, priorize as compras à vista e não deixe de pedir “aquele descontinho”.

– Anote o que ganha e o que gasta

Pode abandonar o papel e a caneta, sim! Seu celular, que está com você na maior parte do dia, será a sua ferramenta de controle de gastos. Basta baixar o aplicativo Citizen IBPT e fazer o escaneamento das suas notas fiscais. O Citizen disponibiliza gráficos de leitura simples e intuitiva, por meio dele é possível controlar os gastos por categoria, data, valor total, estabelecimento onde comprou e pesquisar a evolução do valor unitário de cada bem ou mercadoria.

Sobre o IBPT

O Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação – IBPT atua desde 1992 na área de inteligência tributária ao realizar pesquisas, estudos e análises para gerar conhecimento e esclarecer a população sobre o complexo sistema tributário brasileiro. Ao mesmo tempo, vem transmitindo informações e dando consultoria estratégica sobre carga tributária setorial, implementando sistemas de governança tributária e desenvolvendo ferramentas e métodos a fim de incrementar a lucratividade das empresas. Seus projetos sociotecnológicos tem ampla utilização, como o Impostômetro, De Olho No Imposto, Lupa Nas Compras Públicas E Empresômetro.

Mais informações podem ser obtidas pelo site: http://www.ibpt.org.br ou pelo telefone (41) 2117-7300.

Atendimento à imprensa – Descomplica Agência de Mídias

Janaína Fogaça – Jana@agenciadescomplica.com.br

Ulisses Dalcól – ulisses@agenciadescomplica.com.br

Fone: 41 9 9692.4573 – 41 3030-4480

Facebook/Instagram: @agenciadescomplica

Website: www.vempradescomplica.com.br

Confiança ainda é a palavra de ordem para a Construção Civil

Confiança ainda é a palavra de ordem para a Construção Civil

Dados do Empresômetro revelam que taxa de abertura de empresas do setor segue maior que a média anual

Agosto de 2019 – O ano de 2019 será, para muitos, um divisor de águas. Um exemplo é o setor da construção civil, que percebeu seu mercado retrair e cair a sua participação no PIB (Produto Interno Bruto – soma de toda a riqueza produzida no país) em quase 30% desde 2014. No entanto, a expectativa é que o segmento volte a ter números positivos até o final desse ano.

A confiança no setor ainda é grande, por mais que haja estagnação, “é um período que acontece em todos os setores e por diversos fatores; pode levar um pouco mais de tempo, mas a certeza é de que quem conseguir se manter até o retorno do crescimento, terá feito um ótimo negócio”, diz o empresário e CEO do Empresômetro, Otávio Amaral.

Segundo dados do Empresômetro, empresa especialista em inteligência de mercado, somente empresas de construção de obras em alvenaria somam mais de 341 mil, afora outras atividades como administração de obras ou perfuração de poços.

Uma das atividades mais importantes para o país, a construção civil, é responsável por residências, prédios, indústrias, infraestrutura e emprega milhares de pessoas em todo o Brasil, sendo responsável por arrecadar mais de 100 bilhões de reais em tributos.

“A redução do poder de compra, oferta de crédito reduzida e pouco dinheiro para investimentos públicos pesam no setor, fazendo com que ele se retraia. O que vimos em nossos dados é que a confiança na construção civil ainda é grande, e deveria ser, pois é algo necessário a qualquer Estado”, afirma Amaral.

O estado de São Paulo é a sede de mais de 113 mil empreendimentos de obras em alvenaria; na região Nordeste o estado da Bahia, com projetos para a construção civil em sua capital, como o Marias na Construção, tem 163 empresas de Administração de Obras e mais de 15 mil de obras em alvenaria.

No sul do país, o estado do Paraná, que tem mais de 44 mil empreendimentos, tem em Londrina 1.565 negócios de obras em alvenaria, 32 de administração de negócios e 158 de serviços especializados para construção (limpeza de fachada, construção de telhados, churrasqueiras, etc.).

Na região Norte, somente Manaus, a capital do Amazonas, estado que conta com 2.069 empresas de obras de alvenaria, contabiliza 1.521 desses negócios.

Já o porte desses empreendimentos, revela que a tendência da individualização dos negócios chegou até a construção civil, uma vez que 94% do total de empresas de obras em alvenaria são microempreendedores individuais.

CNAE 4399-1/03 OBRAS DE ALVENARIA
PorteEmpresas
1 – Não Classificada2
2 – Microempreendedor Individual396.755
3 – Microempresa30
4 – Pequena Empresa25.944
5 – Média Empresa66
6 – Grande Empresa7

 

Muito disso se dá pela mudança da legislação trabalhista, que facilitou a contratação de trabalhadores como empresas, pelos custos menores com pessoal, e a própria vontade de empreender. Vê-se cada vez mais empreiteiros construindo por conta própria”, esclarece Amaral.

Os dados do Empresômetro ainda revelam que a média de abertura de empresas de obras em alvenaria foi de 56 mil empreendimentos/ano nos últimos 6 anos.

CNAE 4399-1/03 OBRAS DE ALVENARIA
EstadoEmpresas
SÃO PAULO113.140
MINAS GERAIS53.970
PARANÁ44.932
RIO DE JANEIRO43.727
RIO GRANDE DO SUL42.176
SANTA CATARINA25.428
BAHIA15.707
ESPÍRITO SANTO14.163
GOIÁS13.361
MATO GROSSO9.384
MATO GROSSO DO SUL7.622
PERNAMBUCO7.144
DISTRITO FEDERAL4.822
CEARÁ3.906
PARÁ3.763
TOCANTINS2.737
RIO GRANDE DO NORTE2.733
PARAÍBA2.534
RONDÔNIA2.371
AMAZONAS2.069
ALAGOAS1.664
PIAUÍ1.639
MARANHÃO1.601
SERGIPE1.349
AMAPÁ335
ACRE319
RORAIMA203

 

SOBRE O EMPRESÔMETRO                                                                                                                                      

O Empresômetro é uma empresa que oferece soluções de mercado B2B para toda empresa que almeja crescer com inteligência. Oferta soluções que utilizam a mais alta tecnologia da informação, garantindo segurança na tomada de decisão de gestores de grandes empresas, como também proporciona conhecimento de mercado para pequenas e médias empresas através da ferramenta online, Empresômetro Listas.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (41) 2117-7300 ou pelo site www.empresometro.com.br.

Atendimento à imprensa – Descomplica Agência de Mídias

Janaína Fogaça – jana@agenciadescomplica.com.br

Ulisses Dalcól – ulisses@agenciadescomplica.com.br

Fone: 41 9 9692.4573 – 41 3030-4480

Facebook/Instagram: @agenciadescomplica

Megabazar em prol de sonhos de pessoas em vulnerabilidade acontece no dia 10 de agosto em Curitiba

Megabazar em prol de sonhos de pessoas em vulnerabilidade acontece no dia 10 de agosto em Curitiba

Diversos itens estarão disponíveis custando a partir de R$ 2,00

Agosto, 2019 – O Instituto Amiga dos sonhos, IAS, realiza no próximo dia 10 de agosto, sábado, o seu tradicional megabazar. Estarão disponíveis todos os tipos de itens, desde vestuário, acessórios e decoração, utilidades para o lar, móveis e eletrodomésticos.

“Mensalmente realizamos um megabazar para disponibilizar às pessoas que já eram clientes da loja física itens que também estão disponíveis em nossa loja virtual. Desde fevereiro migramos para a internet, mas resolvemos manter o bazar mensal em virtude das pessoas que não conseguem ter acesso à loja online”, afirma a presidente do Instituto Amiga dos Sonhos, Jussara Amaral.

O Megabazar acontece no sábado, dia 10 de agosto, das 9h às 14h. Os itens disponibilizados custam a partir de R$ 2,00, e todo o valor arrecadado com a venda será revertido para a realização de sonhos

Atuante desde 2011, O Instituto Amiga dos Sonhos coleciona histórias de sonhos realizados. Ao longo de sua jornada, o IAS já ajudou mais de seis mil pessoas por meio de ações em datas festivas e também a atendimento de sonhos pontuais. São beneficiados pelo IAS mulheres, crianças e idosos em situação de vulnerabilidade.

Serviço

Megabazar queima de estoque Loja dos Sonhos

Quando: Dia 10 de agosto, sábado, das 9h às 14h.

Onde? Loja dos Sonhos – Rua João Bettega, 1919 – Portão

Sobre o Instituto

O Instituto Amiga dos Sonhos surgiu em 2011, em Curitiba, inicialmente como um movimento produto da iniciativa de Jussara Amaral que convidou suas amigas de diversas áreas de atuação profissional e se uniram para realizar sonhos de outras mulheres carentes, chamadas de “amigas dos sonhos”.

Com o crescente recebimento de sonhos de todos os tipos e estruturação permanente de suas atividades, no final do 2011 o Instituto tornou-se uma associação civil sem fins lucrativos. De lá para cá já foram tornados realidade os sonhos de quase 200 “amigas dos sonhos”, além de mais de 6.500 pessoas terem sido beneficiadas em dezenas de campanhas periódicas promovidas pelo Instituto, como Páscoa, Dia da Beleza, Agasalho, Dia das Crianças e Natal.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (41) 3082 1413 ou pelo site www.amigadossonhos.com.br.

Atendimento à imprensa – Descomplica Agência de Mídias
Janaína Fogaça – 
Jana@agenciadescomplica.com.br
Ulisses Dalcól – ulisses@agenciadescomplica.com.br
Fone: 41 99692-4573 / 3030-4480
Facebook/Instagram: @agenciadescomplica
Website: www.vempradescomplica.com.br

Instituto Amiga dos Sonhos prorroga campanha do agasalho para idosos

Instituto Amiga dos Sonhos prorroga campanha do agasalho para idosos

Doações podem ser feitas até o dia 17 de agosto e vai beneficiar Casa de Repouso Vovó Cecília

Agosto, 2019 – O inverno já chegou! Para espantar o frio, o Instituto Amiga dos Sonhos – IAS promove a Campanha do Agasalho 2019. As doações, em pontos estratégicos da cidade, já começaram a ser arrecadadas e foram prorrogadas até o dia 17 de agosto. Serão beneficiados idosos que residem na Casa de Repouso Vovó Cecília, no bairro Boqueirão, em Curitiba/PR.

“Nossa intenção é arrecadar roupas, calçados e cobertores em bom estado, levando carinho, agasalhos e dignidade aos moradores do Lar Vovó Cecília. Toda ajuda é bem-vinda”, destaca a presidente do IAS, Jussara Amaral.

A Casa de Repouso Vovó Cecília abriga 51 idosos, de ambos os sexos.

Confira a lista de empresas que já aderiram à campanha e veja onde entregar a sua doação.

– Loja dos Sonhos (R. João Bettega, 1919 – Portão).

– Amaral, Yazbek Advogados (Av. Cândido Hartmann, 50 – Bigorrilho).

– Empresômetro (Av. Anita Garibaldi, 850 – 710 – Cabral).

– Clínica Parceria (R. Frederico Cantarelli, 25 – Bigorrilho).

– Studio MC – Mauricio Cabeleireiro (Av. Brasília, 6518 – Novo Mundo).

– Neo Estética (R. Saldanha Marinho, 2222 – Centro).

– Boutique do Cabelo (Av. República Argentina, 2150 – Portão).

– Zamar Escritório de Contabilidade (R. José Loureiro, 133 – Centro).

– Amaral, Azevedo, Munõz Advogados e Associados (R. Ângelo Sampaio, 1615 – Batel).

– Simple (R. Euclides da Cunha, 597 – Bigorrilho).

– Urbana (R. Saldanha Marinho, 1212 – Centro).

– Diorella (R. Padre Anchieta, 1989 – Bigorrilho).

– Clínica COFIB (R. José Naves da Cunha, 51 – Seminário, Curitiba – PR).

-Kaiut Yoga (R. Saldanha Marinho, 1632 – Praça da Espanha).

-Kaiut Yoga Boqueirão (Rua Dulcília Sequinele Pinheiro, 202 – Boqueirão).

– Kaiut Yoga Cabral (Rua Clóvis Beviláqua 355 – Cabral).

– Kaiut Yoga São Lourenço (Rua Professor Nilo Brandão, 308 – São Lourenço).

– Kaiut Yoga Santa Felicidade (Av. Vereador Toaldo Túlio, 146 – Santa Felicidade).

– Kaiut Yoga São José dos Pinhais (Rua Tenente Djalma Dutra, 1348 – Centro).

– Dolce Fer (Rua Comendador Araújo, 906 – Batel).

 

Se interessou? Que tal ajudar também?

 

Além das parcerias com empresas e das doações à Loja dos Sonhos, o IAS precisa constantemente de voluntárias. Profissionais ligadas à saúde e educação podem doar parte do seu tempo e um pouco de suas habilidades. “São essas as únicas “moedas” circulantes no IAS, já que não trabalhamos com arrecadação de dinheiro”, afirma Jussara.

As empresas que tiverem interesse em aderir à campanha podem solicitar a caixa de doações na loja do IAS – R. João Bettega, 1919 – Portão.

 

Sobre o Instituto

O Instituto Amiga dos Sonhos surgiu em 2011, em Curitiba, inicialmente como um movimento produto da iniciativa de Jussara Amaral que convidou suas amigas de diversas áreas de atuação profissional e se uniram para realizar sonhos de outras mulheres carentes, chamadas de “amigas dos sonhos”.

Com o crescente recebimento de sonhos de todos os tipos e estruturação permanente de suas atividades, no final do 2011 o Instituto tornou-se uma associação civil sem fins lucrativos. De lá para cá já foram tornados realidade os sonhos de quase 200 “amigas dos sonhos”, além de mais de 6.500 pessoas terem sido beneficiadas em dezenas de campanhas periódicas promovidas pelo Instituto, como Páscoa, Dia da Beleza, Agasalho, Dia das Crianças e Natal.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (41) 3082 1413 ou pelo site www.amigadossonhos.com.br.

Atendimento à imprensa – Descomplica Agência de Mídias
Janaína Fogaça 

Jana@agenciadescomplica.com.br
Ulisses Dalcól 
ulisses@agenciadescomplica.com.br
Fone: 41 99692-4573 / 3030-4480
Facebook: @agenciadescomplica
Website: www.vempradescomplica.com.br

Onde foi parar a nota fiscal?

Onde foi parar a nota fiscal?

Documento é fundamental para diversos serviços, como acionamento de garantia e troca de produtos

Julho, 2019 – Protagonista em assuntos que estão diretamente ligados à vida do cidadão brasileiro, o IBPT – Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributaçãodesenvolveu o Citizen, primeiro aplicativo do país que revela ao usuário o valor dos tributos embutidos em cada compra. Mas não é só isso! Muito mais do que saber quanto está pagando em tributos, o Citizen serve como aliado do consumidor na hora de armazenar as suas notas fiscais para eventuais trocas de produtos e até mesmo para acionamento de seguros de eletrônicos e encaminhamentos de itens para a assistência técnica.

“Muitas vezes, o consumidor acaba descartando a nota fiscal porque acha que não vai precisar dela, é muito acúmulo de papel, no entanto ela é um documento importante, que serve para diversas situações, por isso incluímos a funcionalidade de armazenamento da nota fiscal no Citizen, para que o consumidor possa levar seu produto à assistência técnica ou acionar seguro de um aparelho de telefone celular em caso de roubo, por exemplo”, afirma o presidente executivo do IBPT, João Eloi Olenike.

Quem nunca adquiriu um produto e logo que chegou em casa se deparou com um defeito e, para piorar, jogou fora a nota fiscal, que atire a primeira pedra.

As notas armazenadas no Citizen servem também para a troca de produtos cujo defeito não foi observado na hora da compra. Muitas vezes o consumidor não repara no defeito porque o problema não é aparente; quando solicita a substituição, se depara com outro problema: a nota fiscal foi descartada e ele perdeu o direito à troca”, diz Olenike.

De interface simples, ao fazer a leitura do QR Code da Nota Fiscal ao Consumidor Eletrônica (NFC-e) ou do código de barras do DANFE da NFe (Nota Fiscal Eletrônica) de cada compra, o cidadão consegue separar por categorias os itens adquiridos e, ao longo do tempo de uso, o aplicativo delineia o seu perfil consumidor e a sua inflação pessoal. Por meio do Citizen, que disponibiliza gráficos de leitura simples e intuitiva, é possível controlar os gastos por categoria, data, valor total, estabelecimento onde comprou e pesquisar a evolução do valor unitário de cada bem ou mercadoria.

Disponível nas plataformas Android e iOS, diferente de outros aplicativos, o Citizen não coleta informações pessoais, como CPF e nem mesmo endereço ou renda. Outra facilidade do Citizen é que, independente da maneira utilizada para pagar as suas compras (dinheiro, crédito, débito, vale refeição ou alimentação), apenas a nota fiscal é necessária para alimentar o seu aplicativo, sem precisar ficar monitorando diversas ferramentas de controle de gastos.

Sobre o IBPT

O Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação – IBPT atua desde 1992 na área de inteligência tributária ao realizar pesquisas, estudos e análises para gerar conhecimento e esclarecer a população sobre o complexo sistema tributário brasileiro. Ao mesmo tempo, vem transmitindo informações e dando consultoria estratégica sobre carga tributária setorial, implementando sistemas de governança tributária e desenvolvendo ferramentas e métodos a fim de incrementar a lucratividade das empresas. Seus projetos socio tecnológicos tem ampla utilização, como o Impostômetro, De Olho No Imposto, Lupa Nas Compras Públicas E Empresômetro.

Mais informações podem ser obtidas pelo site: http://www.ibpt.org.br ou pelo telefone (41) 2117-7300.

Atendimento à imprensa – Descomplica Agência de Mídias

Janaína Fogaça – Jana@agenciadescomplica.com.br

Ulisses Dalcól – ulisses@agenciadescomplica.com.br

Fone: 41 9 9692.4573 – 41 3030-4480

Facebook/Instagram: @agenciadescomplica

Website: www.vempradescomplica.com.br

Artigos de decoração – um bom negócio

Artigos de decoração – um bom negócio

Com quase metade do varejo de decoração do país, região Sudeste emprega milhares de pessoas e movimenta bilhões por ano

Julho de 2019 – De acordo com dados do Empresômetro, empresa especialista de inteligência de  mercado, atualmente há no país mais de 262 mil varejistas voltados ao comércio de móveis, iluminação, colchoaria, suvenir, objetos de arte e decoração, além de flores; e o setor é responsável por movimentar quase 100 bilhões de reais anualmente.

Com capacidade de empregar milhares de pessoas, do grupo de dados analisados, somente o varejo de flores é responsável por mais de 100 mil empregos no país todo.

“Com nosso levantamento de dados conseguimos identificar que as pequenas empresas, aquelas que têm um faturamento bruto entre R$ 360 mil e R$ 4,8 milhões, são a grande massa de negócios no setor, com comércios pequenos que aos poucos adotam novas tecnologias para impulsionar seus negócios”, diz o empresário e CEO do Empresômetro, Otávio Amaral.

CNAE 47.547-01 COMÉRCIO VAREJISTA DE MÓVEISCNAE 47.547-02 COMÉRCIO VAREJISTA DE COLCHOARIACNAE 47.547-03 COMÉRCIO VAREJISTA DE ARTIGOS DE ILUMINAÇÃO
PorteEmpresasPorteEmpresasPorteEmpresas
4 – Pequena Empresa73.8074 – Pequena Empresa19.3924 – Pequena Empresa3.292
2 – Microempreendedor Individual22.5722 – Microempreendedor Individual17.4082 – Microempreendedor Individual2.811
5 – Média Empresa3.0115 – Média Empresa3245 – Média Empresa30
6 – Grande Empresa1.4793 – Microempresa233 – Microempresa8
3 – Microempresa926 – Grande Empresa26 – Grande Empresa1
1 – Não Classificada1

 

CNAE 4789-0/03 COMÉRCIO VAREJISTA DE OBJETOS DE ARTECNAE 4789-0/01 COMÉRCIO VAREJISTA DE SUVENIRES E ARTESANATOSCNAE 4789-0/02 COMÉRCIO VAREJISTA DE PLANTAS E FLORES NATURAIS
PorteEmpresasPorteEmpresasPorteEmpresas
2 – Microempreendedor Individual4.4822 – Microempreendedor Individual45.4604 – Pequena Empresa16.249
4 – Pequena Empresa1.9694 – Pequena Empresa35.5142 – Microempreendedor Individual14.573
5 – Média Empresa35 – Média Empresa955 – Média Empresa35
1 – Não Classificada13 – Microempresa383 – Microempresa25
1 – Não Classificada341 – Não Classificada3
6 – Grande Empresa1

 

Na vitrine

Ao tratar de tecnologia, fala-se em meios de pagamento, pontos virtuais de venda e vitrines virtuais que, segundo Amaral “são ferramentas necessárias para quem quiser se manter no mercado”.

Com a maior parte dos negócios nas capitais, São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba são as cidades que mais concentram esses varejistas.

É um mercado que sofre com variações na economia e em outros setores. “É uma balança ajustada a princípio pelo mercado imobiliário, depois temos outros fatores, como redução do poder de compra do consumidor, aumento do preço dos insumos, balança comercial negativa, entre outros”, afirma o CEO.

CNAE 47.547-01 COMÉRCIO VAREJISTA DE MÓVEISCNAE 47.547-02 COMÉRCIO VAREJISTA DE COLCHOARIACNAE 47.547-03 COMÉRCIO VAREJISTA DE ARTIGOS DE ILUMINAÇÃO
RegiãoEmpresasRegiãoEmpresasRegiãoEmpresas
Sudeste       42.502Sudeste                15.052Sudeste            3.735
Nordeste       25.720Nordeste                   9.829Sul            1.086
Sul       20.336Sul                   6.497Nordeste               791
Centro-Oeste         8.043Centro-Oeste                   3.778Centro-Oeste               374
Norte         4.352Norte                   1.993Norte               152

 

CNAE 4789-0/03 COMÉRCIO VAREJISTA DE OBJETOS DE ARTECNAE 4789-0/01 COMÉRCIO VAREJISTA DE SUVENIRES E ARTESANATOSCNAE 4789-0/02 COMÉRCIO VAREJISTA DE PLANTAS E FLORES NATURAIS
RegiãoEmpresasRegiãoEmpresasRegiãoEmpresas
Sudeste        3.813Sudeste          41.897Sudeste     16.014
Sul        1.021Sul          16.752Sul        7.694
Nordeste        1.020Nordeste          13.878Nordeste        3.581
Centro-Oeste           426Centro-Oeste            5.719Centro-Oeste        2.567
Norte           175Norte            2.894Norte        1.027

 

 

Tabela com as atividades do levantamento e as 5 cidades com mais empreendimentos

Mesmo havendo polos produtores por todo o país, a maior parte dos varejistas do setor avaliado pelo Empresômetro está na região Sudeste, 46% do todo, com as capitais São Paulo e Rio de Janeiro com o maior número de empreendimentos.

No Nordeste brasileiro se destacam Salvador e Fortaleza, essa última com grande número de negócios no setor moveleiro, são 1487 empresas que comercializam móveis.

Já no Sul do país, Curitiba é a cidade com mais empresas do grupo de dados analisados pelo Empresômetro; soma 4.861 negócios, com quase 2 mil no setor varejista de móveis.

 

SOBRE O EMPRESÔMETRO                                                                                                                                      

O Empresômetro é uma empresa que oferece soluções de mercado B2B para toda empresa que almeja crescer com inteligência. Oferta soluções que utilizam a mais alta tecnologia da informação, garantindo segurança na tomada de decisão de gestores de grandes empresas, como também proporciona conhecimento de mercado para pequenas e médias empresas através da ferramenta online, Empresômetro Listas.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (41) 2117-7300 ou pelo site www.empresometro.com.br.

Atendimento à imprensa – Descomplica Agência de Mídias

Janaína Fogaça – jana@agenciadescomplica.com.br

Ulisses Dalcól – ulisses@agenciadescomplica.com.br

Fone: 41 9 9692.4573 – 41 3030-4480

Facebook/Instagram: @agenciadescomplica

Website: www.vempradescomplica.com.br

Microempreendedores Individuais já são quase 60% do total de indústrias do país

Microempreendedores Individuais já são quase 60% do total de indústrias do país

Julho de 2019 – Mesmo com o setor industrial tendo perdido milhares de vagas de emprego, ele ainda é um dos que mais cresce segundo dados do Empresômetro, empresa de inteligência de mercado que mantém o mais atual banco de informações de empresas no país.

Segundo esses dados, o setor responsável por movimentar mais de 1,3 trilhão de reais por ano, 59% do total de indústrias brasileiras são microempreendedores individuais. São pessoas que formalizaram sua situação como artesãos, vinagreiros, fabricante de sucos e velas, dentre outras possibilidades para esse tipo de empresa. As pequenas empresas também fortalecem o time, com 38% do total.

 

INDÚSTRIAS BRASILEIRAS POR PORTE
PORTEQUANTIDADE
2 – Microempreendedor Individual                      782.733
4 – Pequena Empresa                      504.622
5 – Média Empresa                         23.865
6 – Grande Empresa                           7.911
3 – Microempresa                               446
1 – Não Classificada                               267

 

São quase 783 mil empreendedores individuais em comparação as 7,9 mil grandes indústrias, somando 25,96% no grande centro industrial do país, o estado de São Paulo.

 

PANORAMA DAS INDÚSTRIAS
ESTADOQUANTIDADE
SÃO PAULO               341.080
MINAS GERAIS               161.574
RIO DE JANEIRO               118.371
RIO GRANDE DO SUL               108.172
PARANÁ               105.460
SANTA CATARINA                 92.300
BAHIA                 55.424
GOIÁS                 51.090
CEARÁ                 43.152
PERNAMBUCO                 39.322

 

Nesse estado (SP), temos 341 mil negócios do total de 1,3 milhão de indústrias ativas no país; destaque para os últimos cinco anos em que foram abertos mais de 637 mil novos empreendimentos no setor.

“Contabilizamos somente aquelas empresas que estão em atividade, que recolhem tributos, que contratam e geram renda, excluídas aquelas que em 12 meses não apresentam quaisquer movimentações”, esclarece Otávio Amaral, empresário e CEO do Empresômetro, sobre o levantamento.

 

PANORAMA INDÚSTRIA
CIDADEQUANTIDADE
SÃO PAULO                98.747
RIO DE JANEIRO                43.641
FORTALEZA                20.859
BELO HORIZONTE                19.702
CURITIBA                16.983

 

Em se tratando de cidades, temos nas capitais as grandes concentrações de empresas, com destaque para Fortaleza em terceiro lugar no ranking nacional e Curitiba em quinto lugar.

“São cidades que buscam investimentos e com a descentralização do setor e da economia, ganham espaço para sediar novos negócios”, diz Amaral.

Os dados ainda trazem número importantes sobre os fechamentos. O Empresômetro revela que até julho de 2019, foram baixados 1,2 milhão de CNPJs do setor.

Pelos números é possível notar que grades indústrias da transformação vêm perdendo espaço para pequenos empreendimentos e outros setores, e isso é parte de uma tendência mundial, por conta das mudanças impostas pela tecnologia.

“A redução das distâncias provida pela internet faz com que a indústria nacional tenha mais um concorrente; por meio de sites estrangeiros é possível adquirir produtos importados, algumas vezes mais baratos. A questão tributária também é um grande problema e precisa ser tratada pelo governo, um projeto que tenha como objetivo tributar menos a produção e consumo”, conclui o empresário.

SOBRE O EMPRESÔMETRO                                                                                         

O Empresômetro é uma empresa que oferece soluções de mercado B2B para toda empresa que almeja crescer com inteligência. Oferta soluções que utilizam a mais alta tecnologia da informação, garantindo segurança na tomada de decisão de gestores de grandes empresas, como também proporciona conhecimento de mercado para pequenas e médias empresas através da ferramenta online, Empresômetro Listas.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (41) 2117-7300 ou pelo site www.empresometro.com.br.

Atendimento à imprensa – Descomplica Agência de Mídias

Janaína Fogaça – jana@agenciadescomplica.com.br

Ulisses Dalcól – ulisses@agenciadescomplica.com.br

Fone: 41 9 9692.4573 – 41 3030-4480

Facebook/Instagram: @agenciadescomplica

Website: www.vempradescomplica.com.br